Vivania Sampaio - Passos & Sampaio, Consultoria Jurídica., Advogado

Vivania Sampaio - Passos & Sampaio, Consultoria Jurídica.

(23)Fortaleza (CE)
23seguidores17seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

vivaniasampaio@gmail.com
A advogada VIVANIA SAMPAIO vem ganhando prestígio e credibilidade por seu trabalho, pautado na ética, no comprometimento profissional e no atendimento incondicional às necessidades de seus clientes. Nesse sentido oferece assessoria e consultoria jurídica, realizando análises e confecção de contratos, elaboração de pareceres e condutas preventivas, além de representação no contencioso administrativo e judicial. Trabalha na Empresa Passos&Sampaio Consultoria Jurídica.

Verificações

Vivania Sampaio - Passos & Sampaio, Consultoria Jurídica., Advogado
Vivania Sampaio - Passos & Sampaio, Consultoria Jurídica.
OAB 31,285/CE

Autor (Desde Jun 2017)

PRO
Desde April 2016

Principais áreas de atuação

Direito Penal, 3%
Direito Internacional, 3%
Direito Médico, 3%
Direito Empresarial, 3%
Outras, 88%

Primeira Impressão

(23)
(23)

23 avaliações ao primeiro contato

Direito Penal

Direito Previdenciário

Direito de Família

Direito do Trabalho

Direito Civil

Direito Administrativo

Mais avaliações

Comentários

(5)
Para começar os deputados nem foram eleitos democraticamente e sim pela legenda. Apenas 36 deputados dos 513 foram leitos com os próprios votos. Nota-se pelo o festival de horrores que foi o dia 17/04 dia do golpe na câmara.
Sobre o impedimento, é golpe!
Não tem crime!
Referente à possibilidade de responsabilização do Presidente da República por modalidade culposa. Isso foi suscitado porque houve quem emitisse parecer afirmando que a omissão do Presidente também daria base para o enquadramento por crime de responsabilidade. Para responder a esse ponto basta a leitura atenta e desapaixonada do artigo
84 da Constituição, no qual está expresso e claro que são crimes “os atos” do Presidente. Assim, para que se caracterize o crime é indispensável a intenção, a prática de um ato que configure um crime. Não havendo esse ato, essa intenção expressamente manifestada, não se caracteriza o crime."
A presidente não fez empréstimos, atrasou o pagamento e o banco pagou em dia, prática sempre homologada pelo TCU, que decidiu de mudar de posicionamento de repente e se mudou posicionamento estes devem ser só aplicados para atos a frente! Não há crime sem lei anterior que o defina!
Os créditos suplementares forma autorizados pelo sanado, mas foram autorizados depois!? Sim, por que só se autoriza o crédito no final do ano financeiro. Além disso o ato da presidente foi contra a lei de responsabilidade que não está no rol de crimes da lei do impedimento, no rol está a lei orçamentária apenas!
Não tem crime é golpe, sim!
Enumerou outras explicações - Fonte procuradores e promotores que se posicionaram contra o Golpe:
1. Os abaixo-assinados, membros do Ministério Público brasileiro, unidos em prol da defesa da ordem jurídica e do regime democrático, visando o respeito absoluto e incondicional aos valores jurídicos próprios do Estado Democrático de Direito, dirigem-se a Vossas Excelências – como membros do Congresso Nacional e destinatários de milhares de votos – neste momento de absoluta importância para o País, quando decidirão sobre a prática ou não de crime de responsabilidade cometido pela Presidenta da República, Dilma Vana Rousseff).

2. É sabido que o juízo de “impeachment” a versar crime de responsabilidade imputado a Presidente da República perfaz-se em juízo jurídico-político, que não dispensa a caracterização de quadro de certeza sobre os fatos que se imputam à autoridade, assim questionada.

3. Ausente o juízo de certeza, a deliberação positiva do “impeachment” constitui-se em ato de flagrante ilegalidade por significar conclusão desmotivada, assim arbitrária, assentada em ilações opinativas que, obviamente, carecem de demonstração límpida e clara.

4. Os fatos articulados no procedimento preliminar de “impeachment”, em curso, e como tratados na comissão preparatória a subsidiar a decisão plenária das senhoras deputadas e dos senhores deputados, com a devida vênia, passam longe de ensejar qualquer juízo de indício de crimes de responsabilidade, quanto mais de certeza.

5. Com efeito, a edição de decretos de crédito suplementar para remanejar limites de gastos em determinadas políticas públicas autorizados em lei, e os atrasos nos repasses de subsídios da União a bancos públicos para cobrir gastos dessas instituições com empréstimos realizados a terceiros por meio de programas do governo, são ambos procedimentos embasados em lei, pareceres jurídicos e entendimentos do TCU, que sempre considerou tais medidas legais, até o final do ano de 2015, quando houve mudança de entendimento do referido tribunal.

6. Ora, não há crime sem lei anterior que o defina e muito menos sem entendimento jurisprudencial anterior assentado. Do contrário, a insegurança jurídica seria absurda, inclusive com relação a mais da metade dos governadores e inúmeros prefeitos que sempre utilizaram e continuam utilizando as mesmas medidas que supostamente embasam o processo de impedimento da Presidenta.

7. Desse modo, não há comprovação da prática de crime de responsabilidade, conforme previsão do artigo 85 da Constituição Federal.

8. Assim, se mostra contra o regime democrático e contra a ordem jurídica a validação do juízo preliminar em procedimento de impedimento da Senhora Presidenta da República, Dilma Vana Rousseff, do exercício do referido cargo, eleita com 54.501.118 de votos, sem que esteja cabalmente demonstrada a prática de crime de responsabilidade.

9. Pelas razões apresentadas, conscientes as subscritoras e os subscritores desta nota e na estrita e impostergável obediência à missão constitucional, que lhes é atribuída, todas e todos confiam que as Senhoras e os Senhores Parlamentares do Congresso Nacional Federal não hão de autorizar a admissão do referido procedimento.

O impeachment está na constituição sim! Mas sem causa que o justifique é golpe!

Recomendações

(3)

Perfis que segue

(17)
Carregando

Seguidores

(23)
Carregando

Tópicos de interesse

(16)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Vivania
(085) 99604-73...Ver telefone
(085) 98744-19...Ver telefone
Av. Heráclito Graça, 144, sala 14 - Centro, Fortaleza-Ceará,, end. elet.: passosesampaio@gmail.com. - Fortaleza (CE) - 60140-060

Vivania Sampaio - Passos & Sampaio, Consultoria Jurídica.

Av. Heráclito Graça, 144, sala 14 - Centro, Fortaleza-Ceará,, end. elet.: passosesampaio@gmail.com. - Fortaleza (CE) - 60140--060

(085) 99604-73...Ver telefone

(085) 98744-19...Ver telefone

Entrar em contato